quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Senhor MAC


Com problemas no mac que utilizo na agência, criei um infográfico para explicar o porque eu preciso de um novo.
Graças ao bom humor dos patrões, consegui um novo computador.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Perda de peso e emagrecimento



Esse post talvez seja o mais comentado do blog, tudo porque resolvi dividir com o mundo meu passado, um tanto quanto "gorduroso". Espero que minha história sirva para inspirar e ajudar muitas garotas que passaram, ou ainda passam, pelo mesmo problema que o meu.

"Aquela menina gordinha"
Quem sofre com problemas de peso já ouviu essa frase, ou então "Fortinha", "Fofinha" e por aí vai. Fica a dica: Se você conhece alguém que está acima do peso, jamais diga algo do tipo. Usar eufemismo jamais ajudou alguém, eu ouvi tanto isso que aos 15 anos tinha uma auto-estima de uma geléia, esses tipos de comentários acabam com a pessoa e a fazem comer ainda mais. Fui gordinha dos 8 aos 18 anos, cresci ouvindo as pessoas me "conscietizando" do meu peso, dizendo "Tá cada vez mais gordinha né? Mas tá bom assim! Você não liga não é?" e por educação, somente concordava e chorava sozinha, cravando as unhas em toda aquela gordura, me odiava, e odiava o fato de todo mundo me encher o saco com isso. Minha irmã, minhas amigas, todas eram magras, e num mundo onde a magreza é beleza, eu não me encaixava. Eu tinha a impressão de que ninguém gostava de mim, porque todos me olhavam apenas pela aparência e por isso me fechei cada vez mais, não gostava de sair, tirar fotos era proibido, mal erguia a cabeça para conversar com alguém, não tinha nenhuma confiança e ninguém me ajudava com isso. A palavra para me definir nessa época era: vergonha. Tinha vergonha do meu corpo, me escondia atrás de roupas largas e cabelo no rosto.

Família
Por mais incrível que pareça, as pessoas que mais me deixavam para baixo era minha própria família. Acredito que por ter mais intimidade, eles achavam que poderiam falar qualquer coisa para mim e eu iria simplesmente rir, não os culpo por essa atitude, pois era isso mesmo que eu fazia: eu ria, mas arrumava uma desculpa, ia para o banheiro e chorava minha alma. As pessoas foram cruéis, elas não mediam o que diziam, contanto que o problema não seja com elas, eu tenha uma tia que me infernizou muito por causa disso, toda vez que ela me via (não me lembro de um dia, sem que ela tivesse comentado), ela dizia cruelmente "Tá cada vez mais gordinha hein?". Isso acabava com minha auto-estima. E eu lembro de ter pedido ajuda para meus familiares, ajuda para emagrecer, eles só diziam "É só parar de comer". Foi nesse momento que percebi que estava sozinha.As pessoas não me pressionavam para perder peso, me humilhavam por ser como era.

As gordinhas não são amadas
Se você tem uma namorada acima do peso, parabéns! Eu gostaria de ter conhecido alguém como você no passado, isso iria me deixar muito mais animada para enfrentar a vida. Mas infelizmente não foi assim, não vou dizer que garotos não gostaram de mim, eu tive uns 2 meninos que diziam gostar de mim, mas minha auto-estima era tão baixa que eu não podia acreditar e não queriam que eles gostassem de mim, tinha que ser uma piada. Meu primeiro beijo foi aos 13 anos, e depois disso nunca mais beijei até perder peso. Durante esse período só tive 1 namorado, e era virtual. A internet foi a única coisa que me deu a possibilidade de conseguir namorar sem que vissem minha aparência. Lembro das pessoas rirem de mim quando contava isso. Certa vez, minha irmã pegou meu celular (onde eu recebia mensagens dele) e levou para as amigas dela, todas riam enquanto liam as mensagens.

Desespero
Quando minha mãe me disse "Nossa como você tá gorda!",e todo mundo me lembrando do meu peso (como se isso machucasse os olhos deles) resolvi emagrecer para calar a boca deles (sim, incialmente foi por puro ódio). Mas como? Não tinha dinheiro para pagar academia, nem uma boa alimentação e toda vez que peço ajuda eles me davam a solução de "parar de comer". Uma menina me disse que vomitava para emagrecer, e como ela era magra, pensei que funcionaria comigo também. Recorri a bulimia, vomitava escondida da minha mãe e da minha irmã (acho que só descobriram agora lendo isso hehe), naquela época esse tipo de problema não era divulgado, então não achava que ia me fazer mal. Mas fez. E como! Perdi a energia, tinha dores de cabeça constantes, mal tinha força, minhas mãos tremiam e não conseguia me concentrar. Parei 1 semana depois. Voltei a comer muito e engordei 10 kilos, passei de 65kg para 75 kg (pode não parecer muito mas considerando que eu tinha 1,58 de altura...), estava muito acima de peso e caminhando para obesidade com apenas 17 anos.

Perder para ganhar
Um dia, assistindo tv e devorando um pacote de bolachas, vi o programa "Perder para ganhar" e esse foi o chute inicial para meu emagrecimento. Fiquei tão inspirada com aquele programa, as pessoas (maiores do que eu) fazendo exercícios, se cuidando e emagrecendo! Foi então que percebi que estava sendo motivada pela razão errada, não tinha que emagrecer para as pessoas, tinha que fazer por mim.

A reviravolta
Diminui a quantidade de comida ingerida, ao invés de comer um prato, usava uma tigela grande, mas menor do que o prato, além disso voltava da escola a pé, toda vez que possível. Ao longo de 1 mês fazendo isso perdi 2 kg! Decidi continuar e aumentar os exercícios, assim que terminei a escola, continuava fazendo caminhadas (no começo de 25 minutos, 3x por semana em ritmo lento) e depois de 1 mês perdi 1 kg, enquanto isso aprendia sobre alimentos, assistia programas de bem estar e emagrecimento, visitava sites e colhia as informações, e aplicava no meu dia-a-dia. Troquei o pão com manteiga torrado, por uma tigela pequena de cereal de fibras e leite sem açúcar no café-da-manhã, diminuí o tamanho da tigela, de grande para média, cortei o refrigerante (tomava tanto na adolescencia que desenvolvi gastrite) e o fast-food. Passei a gostar de frutas, sempre mantinha uma maçã por perto quando estivesse com fome e claro: me exercitei mais (até pedi uma bicicleta de presente no meu aniversário!).

Garota saúde
Passei de sedentária para ativa, fiz ginástica (2x por semana), natação (2x por semana e em alguns finais de semana), corrida e ciclismo (todos os dias quando possível) e associei a uma alimentação mais balanceada. Não tinha mais medo de ingerir carboidratos, pois os gastava muito rápido. Isso melhorou minha auto-estima, minha força, resistência e o mais importante: saúde. Ao longo de 3 anos perdi 23 kg e passei de 75kg para 52kg, além de ter crescido um pouco, medindo 1,63m. No final percebi que emagrecer era apenas um bônus de tudo que ganhei nesse processo.


Antes e depois

E hoje?
Bom, hoje não posso dizer que sou mais tão ativa quanto antes, afinal de contas tenho muitas coisas mais importantes acontecendo no momento, e meu peso já não é um problema que as pessoas comentam. Continuo com a tigela no lugar do prato, sem refrigerante, me controlo mais e sei quando estou satisfeita. Adoro um pão na chapa, mas como o cereal de fibras pela manhã com iogurte light, como a cada 4 horas e quando saio com o namorado, sempre tento optar pela opção mais saudável. Sou chocólatra assumida e não resito um chocolate, mas quando sei que exagero compenso com exercícios no dia seguinte. Me inscrevi em uma academia e malho 4x por semana durante 3 horas. Faço ginástica 2x por semana e aula de jump 1x por semana, corro 7km por dia e espero alcançar muito mais.

O que aprendi e tenho a dizer
Em primeiro lugar aprendi a gostar mais de mim mesma, me valorizar e não dar a minima para o que os outros dizem da minha aparência, gosto do jeito que estou agora (mas mulher nunca se contenta né? todas queremos perder uns 3 kilinhos hehe), não sou magra e acredito que nunca vou ser, tenho minhas gorduras e estou trabalhando nelas XD, mas o mais importante foi com certeza, a saúde. Sou saudável e tenho orgulho do que me tornei. Passei de "como você tá gordinha" para "Como você está linda"
Gostaria de dizer a todas as garotas que se identificam com a minha história, que se você gosta do jeito que está, então danem-se os outros, se você está bem assim, então continue e o mundo vai ter que te aceitar.
Se você sofre o mesmo que passei, tenha coragem, não recorra para medidas drásticas e dietas milagrosas, mude seu estilo de vida, mesmo que esteja sozinha, o resultado é recompensador.

Ah e minha tia que me infernizava antes, toda vez que me vê ela diz "Você continua emagrecendo hein!" ,

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Revivendo o blog

"Vim dar satisfações?..."

Olá povo que ainda mantém a esperança de que um dia eu voltaria, suas preces foram atendidas: voltei! Acredito que o blog é uma maneira de pessoas que não falam mais comigo saberem o que estou fazendo da vida, então pra você que gosta de mim secretamente, pra você que tá em Londres, pra você amigo japonês(a) dos eventos do Bunkyo, para o namorado, para o ex, para a rival, para o chefe, para os amigos e familiares: aqui estou, dando satisfações da minha vida.

Vamos para um rápido FAQ:

Puxa você sumiu de tudo, nunca mais te vi, o que você tem feito?
R: Literalmente: com a mão na tablet. Os últimos meses passei trabalhando e aprimorando minhas técnicas. Muitas horas na frente do pc e da prancheta. Sem contar as viagens para Atibaia toda semana :)

Sei, e o namorado não tem nada a ver com isso né?
R: Dedico meus finais de semana e feriado para ficar com o namorado, e nos dedicamos a programas bons e baratos =D. Outro motivo de ter saído menos esse ano é por causa dos 2 empregos (6 dias por semana) e onde estou morando atualmente: preciso estar no pc grande parte do tempo e onde moro só tem onibus a cada 30min de fds e até as 20:00.

Tudo bem, mas e o futuro?
R: Cansei de pretender algo, porque algum fator sempre muda o que eu pretendia fazer. Mas por enquanto, tenho grandes planos para o futuro...

Vou atualizando o blog conforme faço novos materiais e desenhos.

Cardápio - Restaurante Sushi Lika

Então é isso!! Tento voltar antes da páscoa!


segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Layout temporário


Enquanto tento criar algo mais digno ueheuheu e também mais leve! Novidades em breve!
Por enquanto deixo a ilustração que fiz para o Valentine's Day!
Dedicada ao meu namorado =*
Talvez crie um layout com essa imagem...
Espero voltar logo com mais novidades!


quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Respiro Social 1


Amigos sentirei falta

Algumas horas antes do meu TCC venho postar aqui rapidinho para dar satisfações à Mich (live from London) XD
Vamos lá, Novembro terminou! Resumão!!!!!!!! Super rápido porque ainda preciso me arrumar:

LOUCURA DO TCC
Foi realmente uma loucura esse final de ano, eu e minhas amigas ficamos meses trabalhando no TCC pra tudo se resumir á um dia só, pior: meia hora apenas. Mesmo adiantando tudo, as últimas 24 horas foram uma correria do mesmo jeito, sempre tem algo errado, mas felizmente tudo caminha para um final feliz.

ANIVERSÁRIO DA MÃE
Minha mãe fez 59 anos no dia 13 de Novembro, fizemos um bolinho surpresa e cantamos parabéns para a japonesa.

ESTOU CONCORRENDO UMA BOLSA DE ESTUDOS NO EXTERIOR
Mesmo que eu preferisse Londres, para visitar a loira, a bolsa é para o Estados Unidos. Um mês de intercâmbio, aprendendo inglês, o resultado ainda não saiu, mas estou entre os 5 finalistas, rezem pela minha pessoa.

CONHECI A FAMÍLIA DO ANDRÉ
Ahhh a pressão imposta por mim mesma para causar uma boa impressão foi o que me atrapalhou. Mas eles me deixaram bem a vontade e adorei conhecer a todos. Vamos voltar para lá no Ano novo.

ME DEU PIRIRI NA AULA
Sei que isso é irrelevante, mas nunca mais vou esquecer a sensação de querer muito ir ao banheiro e não poder...suei muito nesse dia

FIZ ANIVERSÁRIO
Completei 22 anos no dia 27. Parou de ser uma data feliz depois que completei 20 anos...Mas o André me levou ao Playcenter e me diverti muito. André grita feito uma mocinha (brincadeira ou é sério??). Também ganhei 4 bolos de aniversário! Nunca me senti tão querida. Obrigada a todos quando minhas artérias entupirem! :D

COMPLETAMOS 4 MESES
Eu e o André. Os defeitos começaram a aparecer...Mas ainda assim felizes como nunca!

TÚLIO ME CHAMOU PARA SER A MADRINHA DE FORMATURA DELE
Isso só reforça a minha idade avançando, vou ter um afilhado. Mas fiquei muito feliz com o convite e prometo ser a madrinha mais esquisita!!!

MINHA AVÓ FALECEU
Esse foi o evento que fez com que todos os outros pareçam bem menores. Minha avó faleceu no domingo (28/11), um dia depois do meu aniversário. A dor de perder alguém tão querido foi avassaladora, todos sofremos muito, principalmente minha mãe. Foi uma correria, tivemos que ir ás pressas para Júquia (interior de SP) para o enterro. Minha avó tinha 86 anos e já havia sofrido 4 derrames, depois de 11 anos de sofrimento e dor ela finalmente descansou. Após ver o corpo dela e o rosto sereno, pudemos nos acalmar, afinal não existia mais nenhum traço de dor, sofrimento ou tristeza, ela estava descansando em paz. Agora ela está junto do meu avô, olhando por todos nós que continuamos, nos protegendo e mantendo a saudade que nunca mais irá embora. Descanse em paz Obasan, te amamos.

Agora meu piriri na escola parece insignificante mesmo né? (heuheuehu piada pra descontrair)

Então é isso! Vou lá me arrumar!! Até o próximo respiro social!!

Comentário que pode mudar sua vida: Sentar pode piorar a dor de barriga, por isso levante-se!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Enquanto isso...

"RRRRrrrrrrrr..."

Eita, cada vez mais ausente aqui do blog...preparando um novo post, me recuperando de uma gripe e feliz da vida!
Volto logo...

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Aventuras em Penedo

Correndo para salvar minha mãe da correnteza!

Esse feriado fui para Penedo (RJ) para o noivado da minha irmã. Ficamos de sexta feira dia 8 até terça feira dia 12. Foi a melhor viagem esse ano, muitas aventuras, sol e chuva, muita comida e quilos a mais! Mas enfim, resumão da viagem:

Dia 1

O primeiro dia foi na verdade, na sexta feira, enquanto esperávamos para partir eu e o Andre tínhamos uma meta: Tirar uma boa foto juntos!
Nem eu, nem ele, nos consideramos fotogênicos, problemas de auto-estima que vieram da infância, hehehe. Tentamos desde o primeiro dia, uma tinha que sair legal...vamos ver ate o final do post.

André mostrando sua animação diante de uma lente

Eu mostrando minha animação diante de uma lente

Tentativa de foto de casal 1, André não gostou

Após essa foto tivemos que partir, foi uma longa viagem de 5 horas até penedo, chegamos cansados, suados, fedidos e com dor no pescoço, nos acomodamos e dormimos, o segundo dia prometia sol e caminhadas!

Dia 2

O Segundo dia começou cedo! Como o noivado da Chay era indiano, ela e o Túlio deveriam colher flores para fazer uma guirlanda, seguindo a tradição. Fomos nós atrás das flores, em meio a mata, ao ar puro, borboletas assassinas pelo caminho e areia nos olhos.
Enquanto isso nossa missão permanecia! Uma boa foto juntos! O tempo colaborava e meu cabelo também (esqueci de levar o secador e meu cabelo decidiu se revoltar a partir do 3° dia...).

A caminho das flores...

Ali estão as flores!

O André se cortou da foto...

Eu e minha mãe conseguimos tirar uma boa foto...

Almoçamos em um restaurante, comemos uma truta ótima. A noite teve o cerimonial de noivado da minha irmã e do Túlio.



Dia 3
O Terceiro dia foi estranho...acordamos com o som da chuva e o céu nublado...ihh hoje não ia dar cachoeira...mesmo assim fomos passear! Visitamos a pedra sonora e almoçamos em um restaurante caro.


No mesmo dia, apareceram alguns filhotes de gambá (não fediam), todo mundo ficou encantado e foi comprovado que todo filhote é bonitinho (não se aplica a raça humana, sim, existem bebês feios).

Minha mãe demonstrando satisfação com o local

Chayenne e Túlio muito felizes em sua nova casa

Visitamos a pedra sonora, que é uma pedra muito curiosa que possui uma acústica incrível! Tivemos que escala-la, lógico, apesar da placa que proíbia subir na mesma.

Por fim visitamos um riachinho próxima a Pedra Sonora, estava muito frio então não deu pra entrar, mas brincamos de pular as pedras!
Voltamos para a pousada, exaustos depois de tanto brincar e dormimos muito bem, depois de um banho gelado!

4° dia

No 4° dia fez muito frio também, fomos abençoados com a chuva no feriadão. Saímos bem de manhãzinha e visitamos Maringá (do RJ) e Maromba.

Na volta enfrentamos uma neblina terrível, fiquei com muito medo de cair no barranco ali do lado...

Os animais locais, ao lado de seu barraco

Passamos pela cachoeira do escorrega, onde não deu pra escorregar porque fazia muito frio...mas o lugar vale a pena.

5° dia
No ultimo dia fez sol (eee sorte) visitamos a Cachoeira de Deus e pegamos um trânsito para voltar...
Uma foto quase boa...senão fosse pela mulher ali...

Minha irmã e meu cunhado, que sabem tirar boas fotos...

Acho que essa foto ficou boa...mas não resisti:

Não adianta...desenhista nunca tá feliz com nada..

Enfim mais um resumão da minha vida, dessa vez da viagem á Penedo, foi ótimo, faria tudo de novo se possível hehe...

Editando aqui!! Hoje já é 21/10
Quando voltamos para minha casa minha cadelinha Laika (já comentei dela aqui) estava muito mal, foi levada as pressas ao veterinário, ficou internada mas infelizmente morreu de falência renal no dia 18.
Esse foi um dos motivos da minha ausência e demora para fazer esse post de Penedo.
Descanse em paz Laikinha, sinto sua falta T.T